top of page
Buscar
  • Foto do escritorMaria Laura Veríssimo Teixeira

JANEIRO BRANCO


"Uma humanidade mais saudável pressupõe uma cultura da Saúde Mental no mundo!"

(Janeiro Branco)


Tradicionalmente, no primeiro mês do ano, as pessoas ficam inclinadas a refletirem sobre suas vidas, escolhas, valores, suas relações sociais, sobre suas emoções e sentidos de existência. Logo, esse novo começo pode ser visto como uma "página em branco", onde temos a oportunidade de reescrever nossas próprias histórias. É um momento marcado por uma simbologia de renovação. Assim, foi criado o Janeiro Branco, uma campanha do mesmo caráter do Outubro Rosa e Novembro Azul, cujo propósito é alertar para as questões e necessidades relacionadas à saúde mental e emocional.


Segundo estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), o Brasil é o país mais ansioso do mundo (9,3% da população) e o segundo maior das Américas em depressão (5,8% da população). Ainda de acordo com a OPAS, entre 35% e 50% das pessoas com transtornos mentais em países de alta renda, como os Estados Unidos, não recebem tratamento adequado, enquanto que os países de baixa e média renda, como o Brasil, o percentual é maior, entre 76% e 85%. Os transtornos mentais representam mais de 1/3 das doenças incapacitantes do mundo.


O Janeiro Branco busca conscientizar a população e também as autoridades governamentais e legislativas do mundo no que se refere à importância de estratégias e de políticas públicas dirigidas para a promoção da saúde mental nas sociedades, na vida individual e das instituições sociais. "Campanhas geram conscientização, combatem tabus, mudam paradigmas, orientam os indivíduos e inspiram autoridades a respeito de importantes questões relacionadas às vidas de todo mundo!" (Janeiro Branco).


A campanha viabiliza palestras, oficinas, cursos, workshops, entrevistas midiáticas, caminhadas, rodas de conversa e abordagem de pessoas em todos os lugares: ruas, praças, empresas, residências, hospitais, prefeituras, entre outros. Todos os anos, desde sua criação em 2014, é definido um tema para seu enfoque e, nesse ano de 2022, o tema é “O mundo pede saúde mental”. Devido à pandemia do Covid-19, a campanha dará preferência para eventos em espaços abertos e meio online. Para mais informações, acesse o site oficial: https://janeirobranco.com.br/


O livro ‘Claros sinais de loucura – Karen Harrington’ enfatiza a necessidade de coragem para buscar ajuda. Se você sente sinais de cansaço e esgotamento mental, tristeza, depressão ou qualquer outro sintoma, peça ajuda!


“Descobri que é preciso escolher ter coragem todos os dias, como se escolhe a camisa que vai vestir. Não é automático.”

(Claros sinais de loucura; Karen Harrington)


Contatos para ajuda:

Telefone: 188

Unidade Básica ou Serviços de Pronto Atendimento (UPA) mais perto de sua casa


Pandemia e o Covid-19: Recomendações gerais Fiocruz - Fundação Oswaldo Cruz

https://profsaude-abrasco.fiocruz.br/sites/default/files/publicacoes/cartilha_recomendacoes_gerais_06_04.pdf





Referências:








https://www.paho.org/pt/brasil







37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Post: Blog2_Post
bottom of page